A fazenda

Apenas à alguns minutos de grandes centros urbanos, em meio à Serra do Japi estão 329
hectares de área de preservação ambiental com 80% de floresta nativa, unindo a beleza do
verde da mata e o ar puro da montanha.

Em um refúgio localizado em uma região de montanhas, onde já viveram índios, bandeirantes e
jesuítas, a Fazenda Montanhas do Japi convida-os a desfrutar de um contato com a natureza,
passeando pelas trilhas, com banhos em quedas d’àgua e lagos, pescando, cavalgando, ou
apenas relaxando ao som dos pássados e sentindo o perfume da floresta nativa.

História

A Fazenda Montanhas do Japi está instalada em uma antiga construção do Século XVIII e sua história está vinculada à vinda de italianos para a região, no final do século passado. O comerciante Hermes Traldi mudou-se de São Paulo para Jundiaí, estabelecendo em 1915 o que seria uma das maiores fábricas de vinho do Brasil. A partir de 1936, adquiriu e unificou 18 sítios com o nome Fazenda São João das Montanhas, onde além do café, iniciou o plantio de videiras para o abastecimento de sua fábrica de vinho.

Essa àrea adquirida era chamada de Sítio dos Buenos, pertencido a descendentes de uma família de bandeirantes (na época, àrea de lavoura de milho, café, cana, pastagem, substuídos em parte por uva e florestas nativas). Nos anos 70, com o fechamento da fábrica de vinho da família, a uva e o café foram erradicados e hoje a área é coberta por florestas nativas, eucaliptos usados para a produção de pasta de celulose e lenha, pequenas àreas de pastagem, horta, pomar e produção de peixe.

Copyright 2013 fazenda Montanhas do Japi Todos os Direitos Reservados

projectocom.com.br